Masal está entre as 100 melhores Empresas Emergentes do Sul
20
04/2016

Últimas Notícias

Masal está entre as 100 melhores Empresas Emergentes do Sul

Galeria de imagens
Compartilhe

A Masal S/A Indústria e Comércio, com tradição de mais de 60 anos na fabricação e assistência técnica de máquinas de alta performance, está entre as 100 Melhores Empresas Emergentes da Região Sul. De acordo com o ranking “Grandes & Líderes – 500 maiores do Sul”, desenvolvido pela Revista Amanhã, com auditoria da Price Waterhouse Coopers – PwC, a empresa gaúcha ocupa lugar de destaque no cenário empresarial. 

O levantamento, que em 2015 completou 25 anos na tradição de revelar as empresas que se sobressaem no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná, mostrou que as pequenas e médias empresas do Sul vêm conseguindo melhorar seus resultados mesmo diante da crise. É o caso da Masal, que apesar da recessão econômica, ajudou a reaquecer a economia da indústria brasileira ao firmar parceria de transferência de tecnologia com a empresa turca World Power. 

– Nós ficamos muito animados com este ranking porque, hoje, temos muitos concorrentes que são multinacionais, que têm posição no mundo inteiro, e também porque, além disso, houve um crescimento no número de fabricantes de guindastes. E, mesmo assim, conseguimos crescer e, principalmente, nos manter em posição de destaque, o que para nós é uma satisfação – ressalta o presidente Cláudio Bier, destacando ainda a importância de a empresa já ter seu processo de sucessão bem encaminhado, por meio de sua filha Maremilia Bier, atual diretora.

Segundo o empresário, o diferencial da Masal está no nível dos produtos e na relação com seus consumidores:

– A Masal tem clientes cativos, que confiam na qualidade do nosso produto, pois sabem que eles duram mais, que são equipamentos mais robustos e mais eficientes. Essa confiança faz diferença no mercado.

O maior ranking empresarial da Região Sul utiliza como única fonte os balanços oficiais publicados pelas companhias, apontando as 500 maiores e as 500 emergentes. A lista utiliza um método chamado de Valor Ponderado de Grandeza (VPG). O índice apresenta a saúde financeira da empresa não apenas em função da renda, e sim, pela ponderação de três indicadores financeiros: patrimônio líquido (50%), receita líquida (40%) e lucro líquido ou prejuízo (10%). Em comparação com 2013, a soma do VPG das 500 Emergentes cresceu de R$ 12,6 bilhões para R$ 13,4 bilhões. 

A empresa presidida por Cláudio Bier além de estar entre as 500 Emergentes, está classificada entre as 100 Melhores Emergentes, ranking este que leva em consideração as receitas brutas. A da Masal, em 2014, foi de R$ 43,47 milhões, com um crescimento de receita de 3,52%.

O Grupo Masal, formado por três empresas – com unidades em Santo Antônio da Patrulha, Caxias do Sul e Jacuí –, orgulha-se da marca alcançada e agradece a todos os mais de 200 colaboradores e demais parceiros por esta conquista.

Texto: Christiane Matos/Comunicare Assessoria

 

Ranking das 100 melhores Empresas Emergentes

 Ranking das 100 melhores Empresas Emergentes do Sul

 

Presidente Cláudio Bier

 Presidente Cláudio Bier

 

Diretora Maremilia Bier

 Diretora Maremilia Bier

Voltar

Financiamento

Oferecemos as melhores taxas de financiamento do mercado.